sexta-feira, 7 de março de 2014

Resenha: Díario de um Banana - Dias de Cão

Férias de verão – o tempo está lindo, e toda a garotada está se divertindo ao ar livre. Onde está Greg Heffley? Dentro de sua casa, jogando videogame com as cortinas fechadas. Greg, um “caseiro” assumido, está vivendo sua derradeira fantasia de verão: nada de responsabilidades e regras. Mas sua mãe tem uma visão diferente para um verão ideal… muitas atividades fora de casa e “união de família”. Qual ponto de vista vai ganhar? Ou será que uma nova aquisição para a família Heffley pode mudar tudo?
Eu sei que vocês estão cansados de ver resenha dessa série aqui, mas estou esperando minhas encomendas chegarem, então aguentem por uma boa causa.
Depois de um terceiro livro morno, Jeff Kinney escreveu livro um quente, até porque é contado durante as férias de verão (que engraçado Danilo, parabains). O livro, diferente do terceiro, tem uma boa base de história, um motivo real para Greg entrar em todos aqueles problemas. Agora ele tem que pagar por tudo que pegou no clube junto com Rowley e para isso precisa encontrar emprego. O livro está bem mais engraçado que o último, trazendo momentos tão bons que dá vontade de ler aquela parte de novo.
A participação de todos os personagens está memorável porém houve um desperdício de uma personagem a Trista que serviu apenas para incluir Greg na clube e depois sumir. Não sei quanto a vocês, mas não gosto muito disso.
Durante esses livros, posso dizer também que Greg se afasta cada vez mais de um cara que o leitor vai gostar. Em certos momentos Greg é tão convencido, egoísta e burro que ficamos felizes quando ele simplesmente se dá mal. Além disso o único personagem que entra na história é Chuchu que nem fez muita diferença.
Em consideração a tudo isso digo que esse livro conseguiu se recuperar do terceiro livro, achei que depois dele as coisas mudaram um pouco e parece que estamos conhecendo um Greg mais chato do que o comum.
Título: Diário de um Banana - Dias de Cão | Autor: Jeff Kinney | Editora: V&R | Páginas: 218
Nota: 4/5

Nenhum comentário:

Postar um comentário